quinta-feira, 22 de julho de 2010

Oração do diretor

Senhor!
Minha missão não é simples nem fácil.
Liderar pessoas, gerar equipes motivadas comprometidas com o bem comum.
Antes, eu tinha de me preocupar com os afazeres do cotidiano.
Depois, com as questões pedagógicas.
Hoje, soma-se tudo isso a animação social.
Senhor!
Sei da minha responsabilidade e Te peço sabedoria.
Sabedoria para jamais destratar nenhum dos meus companheiros de jornada.
Sabedoria para entender a limitação de cada um e a minha própria limitação.
Sabedoria para dizer sim e para dizer não.
Senhor!
Não quero ser um líder autoritário.
Não quero jamais parecer o dono da verdade.
Não quero a insensibilidade dos que apenas cumprem o dever e se revestem de autoridade.
Snehor!
Ensina-me a distinguir autoridade de autoritarismo.
Que minhas conquistas sejam também as do grupo ao qual pertenço.
Permite-me ser frágil e ajuda-me a ser forte.
Senhro!
Tal qual jeremias, muitas vezes sinto que não sei falar. Não sei ir adiante. Sinto-me frágil!
Sei que me fortaleço em Ti. Mas, às vezes, esqueço-me de conversar Contigo.
Perdão, Senhor! Não queo chegar junto a Ti apenas para pedir. apenas para gritar por socorro.
Senhor!
Quero Te agradecer por essa oportunidade de trabalhar com gente. De ser gente. De ajudar a todos os que passam por mim a ser um pouco melhores. Mais felizes.
Obrigado, Senhor! Hoje e sempre. Obrigado, Senhor!
Amém.

(Gabriel Chalita- Educar em oração,2005)

Nenhum comentário:

Postar um comentário